Tuesday, August 07, 2012

Velô

A primeira música de Caetano Veloso que eu ouvi foi Alegria Alegria, num vinil do meu pai.
Depois, deve ter sido em 1995, fui com a Isabel ao coliseu vê-lo a cantar sobretudo em espanhol. Fina Estampa. E foi belíssimo. Foi também o primeiro disco dele que comprei.
Em 1998, a enchente na expo, por alturas do Livro (tão bom, tão bom) e da Prenda Minha. O concerto foi brutal. How beautiful could a being be. Nessa altura eu também andava a ouvir os discos antigos, as tropicálias, o rock do exílio. O Haiti é aqui. O avesso do avesso do avesso.
Em 2001, dois dias antes de casar, fui descontrair com a minha irmã para o coliseu. Noites do Norte.
E no ano seguinte, mais Noites do Norte no coliseu. Com a Helena e a Isabel.
Entretanto falei com ele ao telefone por causa de um concerto e não correu lá muito bem. Nervos meus. Fiquei tão triste. Também não fui ao concerto.
Em 2007, não me lembro bem, mas acho que fui com a Lena, ouvir o Cê no coliseu. Cabelos brancos e muita classe.
Em 2010 houve uma entrevista por mail. Estava cheia de medo mas até que foi bom.  E depois o melhor concerto de Caetano que já vi foi com Zii e Zie, outra vez no coliseu. Ao lado do Moço. Revigorante.
No ano passado, o Moço voltou a ser a minha companhia ou eu é que fui a companhia dele, acho que foi isso, no pavilhão atlântico. Caetano e Gadú em versão banquinho e violão, ele acomodado e fracote, a fazer render as músicas que são boas sempre. A gente perdoa-lhe.  Por Sampa.

Caetano Veloso faz hoje 70 anos. Jura?


Labels: , ,

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home