Sunday, May 10, 2009

Inesqueciveis, pelas mais diversas razoes

O Pedro (que um dia ainda me vai ensinar como é que eu agora punha aqui um link para o Delito de Opinião) passou-me uma corrente. Isto é uma estreia para a Gata. E é uma estreia em grande. Calhou-me logo o desafio mais fixe de todos. Pede-me ele para enumerar quinze programas ou séries de televisão inesquecíveis. Ora bem. Nunca vi Ficheiros Secretos nem Twin Peaks (nem um episódio que fosse). Não gosto da Buffy nem do Lost. Gosto dos Sopranos mas não tanto assim. Até vejo o Sexo e a Cidade, se não estiver a dar mais nada de jeito. Recordo com ternura o Perry Mason e o McGyver mas não diria que são inesquecíveis. A primeira lista, feita assim de rajada, no táxi para casa, tinha logo vinte nomes. Enquanto adormecia o pequenito lembrei-me de mais meia dúzia. Decidi excluir os desenhos animados, limitar-me às séries e deixar-me de peneiras (dá estilo dizer que se gosta de Reviver o Passado em Brideshead mas, sejamos honestos, eu devia ter uns sete ou oito anos e a única coisa de que verdadeiramente me lembro é que foi a primeira vez que vi um homem nu e era o Jeremy Irons).
O que sobra?

1. Uma Casa na Pradaria
Lamechice total no tempo em que ainda não havia morangos e a infância era uma coisa simples. Eu "era" a miúda irrequieta das sardas e tranças ruivas, claro.

2. Os Marretas
É preciso explicar?

3. Fama
Perneiras coloridas e fitas no cabelo, nos intervalos da escola a fingir que dançávamos como a Coco. Revelava-se a minha tendência para gostar dos maus rapazes: o meu preferido era o Leroy.

4. Verão Azul
Uma geração inteira a assobiar. A propósito de maus rapazes: o meu preferido era o Pancho.

5. A Ballada de Hill Street
Porque é simplesmente fabulosa.

6. Hitchcok apresenta
Dava às oito da noite na RTP2. Era preciso pedir por favor para atrasar o jantar e tinha que ir para a televisão do escritório porque na sala via-se o telejornal. Mas valia a pena.

7. Tudo em família
Meu querido Archie Bunker. Do melhor que já se fez em séries humorísticas, digo eu.

8. Modelo e Detective
Que só vi através do Agora Escolha. A ironia de Bruce Willis, outro mau rapaz irresistível.

9. Allô, Allô
Tão bom. O René, a Helga, os aviadores ingleses, o Herr Flick, o italiano, a velhota rabugenta, o cangalheiro, a Michele-I-shall-say-this-only-once e todas as outras fantásticas personagens.

10. Os Trintões
Pessoas normais com problemas normais. Adoro séries onde as casas se parecem com casas reais, desarrumadas, com armários cheios de comida e crianças que sujam tudo (e tantos anos mais tarde posso dizer que os trintões são mesmo assim como ali estão).

11. Poirot
Porque eu já tinha lido os livros (várias vezes) e o David Suchet é perfeito no papel do pequeno detective belga, com células cinzentas e muitas peneiras.

12. Serviço de Urgência
Cheguei atrasada e não vi quase nenhum episódio com o George Clooney mas, nos últimos anos, é a única série que, mal ou bem, tento acompanhar. Não gosto do Dr. House e sou bem capaz de ver (e chorar, quase sempre) com a Anatomia do Grey. Mas o Serviço de Urgência tem o Luka.

13. Friends
Ainda por cá não se sabia o que isto era quando uma amiga desatou a trazer cassetes de Londres e a impingir-nos os Friends. Um grande bem-haja, rapariga. Eu não sei se isto é da idade mas, por favor, não me venham dizer que aquela coisa de como conheci a tua mãe é melhor do que o Friends. É que não tem nada a ver. Uma reles imitação.

14. Seinfeld
Parece que deu na TVI às tantas da noite. Eu só o descobri na SIC Radical e tratei logo de recuperar o atraso, ver várias vezes os mesmos episódios e comprar os DVD. Já sei as piadas de cor e mesmo assim se o apanho num zapping não consigo mudar de canal.

15. Sete palmos de terra
Para algo completamente diferente. Da música à realização, passando pelo elenco, o genérico e o argumento, é tudo perfeito.


A verdade é esta: sou capaz de rever qualquer uma destas séries as vezes que forem necessárias (ou sempre que as apanhar na RTP Memória). E, vocês, trazem as pipocas e fazem-me companhia?

Labels: ,

13 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Tenho de ensinar-te a fazer esses 'links', Maria João. Partilho vários dos teus gostos e aversões, incluindo a alergia ao House. Mas o que achei o máximo foi teres incluído 'Os Trintões', série que adorei e que devia ter mencionado na minha lista. Há anos que ninguém fala nela. Injustamente.

Beijinho

Pedro

12:56 AM  
Blogger AnaD/FG said...

Há aí umas quantas comuns ... e tb eu adoro series em que as casas parecem casas ... mas há algo com que não concordo, não comparem HYMIM com Friends ... são duas coisas tão diferentes ... as comparações não são justas para nenhuma das series.

Pronto tenho dito, e vou já começar a pensar nas minhas series ... e esperar que este desafio me caia no colo :)

1:37 AM  
Blogger Teresa said...

Apesar de eu também ser do grupo Brideshead, para mim realmente a melhor série de sempre, muito provavelmente logo seguida pelo Six Feet Under, sim senhora, e creio que uns 12 anos mais velha... temos algumas favoritas em comum, sim. E adoro o Friends, que é quase um antídoto mágico para qualquer neura.Mencionaria ainda I Claudius (que está disponível em DVD e muito barata), que ponho no grupo das cinco melhores.

E agora, uma surpresa (espero que tenhas o som ligado):

http://gotaderantanplan.blogspot.com/2009/05/felicidade-e-feita-de-pequenas-coisas.html

Gosto muito do teu blogue.
Beijinho.

10:10 AM  
Blogger Cristina said...

Fizeste-me recordar tantas séries fixes...

Cristina

10:24 AM  
Blogger InêsN said...

das que referes só o Poirot e o Seinfeld não me encheram as medidas :)

(ai o archie bunker a sua edith...que maravilha!! :D )

10:42 AM  
Blogger InêsN said...

lembrei-me agora do V - A Batalha Final e da Super-Avózinha que eu e os meus irmãos viamos esparramados no chão da sala :))

10:45 AM  
Blogger Cindy said...

Mas é claro que acompanho! Nas seguintes: Os Marretas, Fama, A Ballada de Hill Street, Hitchcok apresenta, Modelo e Detective, Allô, Allô, Poirot, ER, Seinfeld.

Hoje em dia é com o ER que páro tudo o que estou a fazer... não abdico de um episódio... não me perguntes porquê, mas é a minha série preferida e desde o George Clooney!!

E ainda me lembro de ver o Seinfeld num bar que tinha um ecrã gigante e sempre que passava essa série, parava tudo! Hoje revejo na Sic Radical!

Beijocas

1:51 PM  
Anonymous Anonymous said...

só pelo Friends, minha querida, o teu blog subiu ainda mais na minha consideração. E eu já gostava bastante dele :P

2:13 PM  
Anonymous Anonymous said...

parecia que estava eu a responder!São as minhas preferidas...devemos ser da mesma idade

3:42 PM  
Blogger Mad said...

Todas. É que todinhas! Mas já estou como o Anónimo: só pelo Friends, que venero, subiste (mais) na minha consideração :)

6:26 PM  
Blogger joão moço dos recados said...

1. Sete Palmos de Terra (cinco anos da minha vida agarrados a isto, não perdia um episódio, nem que o mundo parasse)

2. Freaks and Geeks (uma pena que tenha sido cancelada logo na primeira temporada, mas ri-me tanto tanto a ver isto).

3. Os Simpsons (tinha que ser. já devo ter visto todos os episódios mais de 20 vezes e não me consigo fartar)

4. Ficheiros Secretos (tinha medo que me pelava, mas não consegui resistir)

5. Twin Peaks (vi na SIC Radical, quando esta ainda era um canal minimamente decente. aquele mundo paralelo fritou-me os miolos durante semanas)

6. Seinfeld (já disseste tudo)

7. The O.C. (quando for grande ainda quero ser o Seth Cohen)

8. Mad Men (foi a descoberta do ano, só tem duas temporadas, a próxima estreia nos EUA este Verão, e nem tenho palavras para descrever a excelência desta série)

e vou-me ficar por aqui porque é demasiado dificil fazer escolhas.

6:58 PM  
Blogger MF said...

Para mim foram os Marretas e o Verão Azul! Sempre que me lembro destes sinto aquela saudade, bem à portuguesa, que me leva numa viagem pelo tempo e lembrar-me da minha feliz infância.
;)

8:26 PM  
Anonymous Anonymous said...

Não, lamento mas não... a menina de sardenta e de tranças de "Uma casa na pradaria" sou eu! :) É que ainda por cima somos 3 irmãs e eu sou a do meio, a espertalhona que tinha que fazer pela vida e fazer-se notar... adorava essa série!
Cláudia G.

2:47 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home