Monday, November 26, 2012

Aos 10 anos

Parece que em 1984 a letra de 'Relax' foi considerada demasiado "sugestiva" e causou grande polémica. Este foi também o ano de 'Thriller' de Michael Jackson e da revelação de Madonna ('Like a Virgin').
As miúdas choravam a cantar 'Hello', de Lionel Richie, e ficou toda a gente farta de ouvir o Stevie Wonder com 'I Just Call to Say I Love You' e a Tina Turner ('What's Love Got To Do With It'). E o 'Footloose' também. Gravávamos as músicas com um gravador de cassetes encostado à televisão e víamos as novidades no programa do Adam Curry, o Countdown. Por exemplo o 'Missing You' (John Waite), o 'Take On Me' (A-Ha), o 'I Want To Know What Love Is' (Foreigner), o 'It's My Life' (Talk Talk). Lembram-se de 'The Never Ending Story'  de Limahl, 'I Feel For You' de Chaka Khan, 'Can't Fight this Feeling' ou 'Self Control'? Foram grandes sucessos na altura. Os telediscos contavam histórias com princípio, meio e fim, as bailarinas tinham penteados enormes, os homens vestiam calças em balão, toda gente tinha chumaços e havia muitos sintetizadores. Havia Duran Duran, Cyndi Lauper, Phil Collins, Bruce Springsteen, Sade, Queen, Brian Adams, Nick Kershaw. Nem tudo era mau. Também ouvíamos Prince ('When Doves Cry', tão bom, ainda hoje, assim como 'Purple Rain'), Culture Club (tantas saudades de 'Karma Chamaleon'), os Alphaville ('Big in Japan'), U2 ('Pride'). Ouvíamos os Tears for Fears ('Shout') e os abaixo mencionados Wham!, claro. E acho que era mais ou menos isto.
De vez em quando, temos que nos pôr "nos sapatos" dos nosso filhos. O meu, por exemplo, agora anda a cantar Big Time Rush. É mauzinho, mauzinho, eu sei, mas tenho lá moral para o censurar?

Labels: ,

3 Comments:

Blogger Blondewithaphd said...

Os Wham... Belos tempos.

6:04 PM  
Blogger cecilia.folgado@gmail.com said...

que viagem maravilhosa, maria joão!

8:51 PM  
Blogger Cristinix said...

Foi tão bom voltar atrás no tempo!!!! Adorei o post. Beijinho.

12:19 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home