Monday, January 21, 2008

Pierre Cosso

Foi o meu primeiro ídolo. Apareceu numa série de televisão falada em italiano chamada 'Cinderella dos anos 80', que dava na RTP1, aos fins de semana depois do almoço. E aparecia também na 'Bravo', a revista alemã da qual eu recortava fotografias para colocar nos cadernos e posters para a parede. Pierre Cosso foi o meu primeiro ídolo. Tinha os olhos azuis e um penteado foleiro - mas não éramos todos foleiros nos anos 80? Desde então, pergunto a todas as raparigas da minha idade se se lembram dele e nunca ninguém se lembra. Quem? Cheguei a duvidar da minha sanidade. Terei sonhado com este tipo a andar de lambreta? Fui salva pela internet. Pierre Cosso existiu mesmo - ainda existe, tem mulher e filhos, barba de três dias e um ar bastante mais aconselhável agora que já passou dos 40 (os homens têm essa sorte, a idade joga geralmente a seu favor). Não se tornou um actor famoso nem consta que tenha feito nada de muito importante na vida. Mas para mim basta este dueto com Bonnie Bianco. 'Stay'. Vejo isto agora e delicio-me com os penteados, as roupas, a musiquinha, os olhares melosos. A adolescência é um lugar estranho. Eu sabia esta letra de cor. Mais assustador: ainda sei.

Labels: , ,

8 Comments:

Anonymous Carla said...

Li o teu blog de fio a pavio. É sempre assim... quando começamos e gostamos, queremos ir até ao fim. Li um primeiro post e quis ler todos os outros, parecia um daqueles livros que nos prendem e nos fazem perder as horas. Obrigada por este delicioso bocadinho que aqui passei. Pelas tuas partilhas. Continuarei a espreitar-te :)

1:49 AM  
Blogger Lita said...

Eu lembro-me perfeitamente do Pierre Cosso, até porque ele também foi o meu primeiro ídolo. Posters, recortes e fotografias da Bravo, que comprava sempre, apesar de ainda ser alemã e não perceber nada do que estava lá escrito. Mas aparecia ele, com aqueles olhos e rosto de anjo. E isso bastava-me!!!!
Obrigada pela memória. Tenho no meu blog o mesmo vídeo.:)

3:55 PM  
Blogger Ana Sousa said...

Então não me lembro!!! e da Bravo!! gastavamos dinheiro aquilo só pelas fotos... loool!!

Saudades...
:p

11:42 AM  
Blogger Papoila said...

Pelo nome não ia lá e já nem sequer me lembrava dessa série mas obrigada por me refrescares a memória.
Saudades dos tempos da Bravo, dos ídolos, dos dossiers forrados a fotos e fita-cola, enfim, saudades dos 80's.;)

8:21 PM  
Blogger Ade said...

Sinto um certa nostalgia ao recordar esse nome, porque era o perfeito sósia da mha grande paixão e 1ª desilusão enquanto adolescente endiabrada. Tudo era parecido: as sobrancelhas, a cor dos olhos, o sorriso, a figura mas principalmente os labios!! Lembro-me de recortar fotos da Bravo qdo deu o La Boum 2 c a belissima Sophie Marceau e colá-las com poemas no meu diario ou na porta do meu guarda-fato.
Obrigada por partilhares as tuas memorias no teu blog. Agora já posso mostrar a foto do meu 1º idolo à mha filha de 16 anos. ;-)

11:51 AM  
Anonymous Fátima said...

Então não me lembro? E sim, também sei a letra!

80's, Bravo, dossiers com colagens e tirinhas de fita-cola colocadas com todo o cuidado...

Olha ler o teu blogue está a ser uma viagem no tempo. Também li a Anita e a Enid Blyton toda - Noddy incluído...

Maravilha!

Fátima

2:09 AM  
Anonymous Fatima said...

e o meu blogue é http://donadecasa.blogs.sapo.pt

Caso queiras aparecer, és muito bem vinda

B'jinhos

Fátima

2:16 AM  
Blogger ines soares said...

Assustador é isto: eu acho q ainda nem andava na primária qdo comecei a ver esta serie, pq o miudo de olhos azuis era o ídolo das minhas vizinhas do rés-do-chão, 5 anos mais velhas do q eu. Comecei a ver pq queria ter assunto para conversar c elas,mas a verdade é q acabei por me apaixonar pela serie e a musica "stay" passou a ser a banda sonora dos meus sonhos infantis de um dia casar um príncipe igual ao Pierre Cosso, lol... Ao longo dos anos, de vez em qdo, vinda n se sabe de onde, esta musica surgia em acordes distantes na minha mente. E esta noite, num impulso, procurei no google, "Cinderela, serie dos anos 80". Juro q n estava à espera. Acho q de alguma forma, achei q era tudo fruto da minha imaginação de menina, ha (o q???) 25 anos atrás!!! E afinal, era tudo verdade.O "rapaz crescido" afinal é um miúdo, mas nem queria acreditar qdo ouvi a musica! Nao conheço mais ninguem q se lembre disto. Mas n faz mal. "Stay", vai ficar comigo p sempre! :)

3:21 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home