Friday, September 21, 2012

Previews

Enquanto "penetrava" na 'Tropicália' de Hélio Oiticica e ouvia as explicações dos fantásticos curadores da exposição, enquanto percorria o penetrável PN2, passando por entre as fitinhas de 'Imagética', um pensamento: naquele mesmo sítio terão estado pessoas que eu tanto admiro. Caetano e Gil, provavelmente, e quem sabe outros. Naquela mesma caixa de madeira, cheirando aquele cheiro, experimentando a mesma sensação.

Enquanto via o documentário 'Marina Abramovic: The Artist is Present', que mostra todo o processo de montagem da exposição que a artista apresentou em 2010 no MoMA e depois acompanha os três meses que ela passou sentada, olhando fixamente cada espectador, também eu me comovi com a força e a determinação daquela mulher. Com o modo como se despiu, mais uma vez, perante os outros, embora desta vez vestida das cabeças aos pés. Como se expôs e expôs aqueles que se sentaram à sua frente. Queria ter sido eu a sentar-me ali (teria eu coragem?).

Sou uma privilegiada, eu sei. Mas a arte está ao acesso de todos, basta querer. A exposição de Hélio Oiticica inaugura sexta-feira, no Museu Berardo, e fica por lá até janeiro. O filme sobre Marina Abramovic passa no sábado, uma única vez, no Cinema São Jorge.

Labels: , ,

1 Comments:

Blogger Susana Gomes (Gasparzinha) said...

E eu, a pessar umas semanas em Madrid, e depois de falar com o meu marido que quando voltasse a Lisboa queria ir à exposição do Oiticica, vou ao Reina Sofia e voilá: uma instalação dele tb lá. Muito boa, abriu-me o apetite para mais.
E que boa tarde de sábado ali passei, num Reina Sofia de portas abertas a quem quiser entrar. :)

9:48 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home