Wednesday, May 02, 2012

Mais um número inútil na minha agenda

Entristece-me de uma maneira estranha esta coisa de morrerem pessoas que eu conheço, mesmo que conheça mal, mas com quem me sentei a conversar em mesas de café e que me chamaram minha querida. É uma tristeza que não se compara com a morte de alguém que nos é querido mas que é muito mais do que a morte de um realizador que admiramos. Ou de um político que vemos na televisão. Ou de um ator que aplaudimos no palco. Há dias em que mal digo esta profissão que me faz conhecer, mesmo que mal, tantas pessoas amáveis.

Labels: , ,

2 Comments:

Blogger Ovelha, Flor, Guerreira said...

Morte é sempre morte e sinto sempre frio, cada vez que pronuncio a palavra!

11:38 PM  
Anonymous sofiacardim said...

é horrível. ainda hoje não quero acreditar. ainda oiço, lá longe, aquelas gargalhadas contagiantes...

10:29 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home