Wednesday, March 16, 2011

Mudam-se os tempos?

"O Governo deseja que o povo português tenha a plena consciência do dilema que lhe é posto nesta hora: transformar-se num lamentável destroço, abismar-se na desordem, na ruína e na miséria, ou continuar o seu avanço, dentro do Estado Novo, em que a ordem e a disciplina tornam viáveis as mais progressivas reformas e tornam reais as mais justas liberdades populares."
Nota oficiosa de Salazar, 1932

"Eu não posso admitir a pequenez e o ridículo das preocupações mesquinhas de certos grupos e grupinhos diante das realidades nacionais! Não compreendo nem posso tolerar que meia dúzia de inúteis passem a vida a deitar cartas, às mesas dos cafés, sobre os meus destinos e o destino dos meus colaboradores, enquanto homens que estão no Poder se debatem com altos problemas nacionais e os vão resolvendo!"
Salazar em entrevista ao Diário de Notícias, 1936

"Eu vejo aproximarem-se tempos em que maiores sacrifícios do que o voto hão-de ser exigidos a todos para defesa do bem comum e mesmo do interesse legítimo de cada qual. Podem vir tempos em que é preciso estar disposto a lutar duramente; e felizes aqueles que tiverem quem os congregue, os conduza, lhes indique o caminho e assegure como seu concurso a vitória."
Discurso de Salazar, 1958

Labels:

1 Comments:

Anonymous df said...

Nada a acrescentar, nada de novo! df

8:49 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home