Sunday, November 02, 2008

I was walking in the park

Ouço-o a cantar em "inglês" numa ladainha de palavras inventadas que soam quase, quase como as verdadeiras cantadas pela Tina Turner, e aquilo sou eu. Sou eu mas com uma agravante. É que ele ainda não tem cinco anos e do inglês só sabe os números até dez, hello, good-bye e pouco mais. Mas eu, eu já devia ter uns doze anos, eu tinha até mais do que isso, já estudava inglês à séria e ainda continuava a cantar as músicas à minha maneira. É que quando era miúda não havia internet (quando eu era crescida também não havia internet, mas não é isso que importa agora) e para nós sabermos a letra de uma música ou ela saía na revista Bravo ou então era preciso que alguém tivesse o disco e copiasse a letra para uma amiga que depois emprestava a outra para copiar, que naquele tempo também não havia fotocópias. Ou então era ouvir com muita atenção e muitas vezes a ver se se entendia alguma coisa. As músicas da minha adolescência eram uma algarviada incompreensível com uns i love you pelo meio. Sabíamos o refrão e mais umas palavras mas era quase impossível perceber tudo e, por isso, a solução era inventar. Eu inventava muito. Eu inventava tanto que, outro dia, num táxi onde tocava a M80, fiquei boquiaberta a ouvir os Marillion cantar "Lavender" e quando cheguei a casa corri para o google só para tirar as teimas. Pois que nunca, nem nos meus sonhos mais ousados, eu com onze anos iria imaginar uma frase como "When I heard the sprinklers whisper/ Shimmer in the haze of summer lawns".

Labels: , ,

4 Comments:

Blogger Joana said...

:) eu tb era assim.

Ainda sou as vezes...


beijinhos

11:14 PM  
Blogger SCS said...

lllllllllllllloooooooooooolllllllllll!
Muitos beijos

10:07 AM  
Blogger a mãe dos miúdos said...

a mesma sensação quando, há uns 4 ou 5 anos, tive a letra na mão. tal e qual.

11:28 AM  
Blogger marta said...

Pois a mim ainda me custa na canção "If you dont know me by now" dos Simply Red cantar "cause we only act like children" quando durante anos pensei que era "cause we only have black children".

Tens umas memórias que vale sempre a pena ouvir.

5:54 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home