Thursday, February 14, 2008

Spam

De um dia para o outro, a minha caixa de correio electrónico começou a ser invadida por mensagens misteriosas. Querem melhorar o meu sexo, aumentar o meu pénis, vender-me prozac, dar-me descontos incríveis. Gente que eu não conheço de lado nenhum dispõe-se a ser minha amiga. Convidam-me para jogar num casino virtual, oferecem-me possibilidades extraordinárias para conhecer o mundo, drogas baratas e mais sexo, claro, mais sete polegadas no meu pénis e a minha vida será diferente, asseguram-me. Acredito! E fico sensibilizada com tanta simpatia. Apetece-me responder a cada um, individualmente, agradecendo a atenção e a preocupação com o meu bem-estar. É raro encontrar pessoas assim, disponíveis, nos dias que correm. O único senão é conseguir encontrar o resto das mensagens, mais urgentes e úteis, no meio de tanta oferta. Até que descubro que os meus colegas também têm recebido mensagens iguais às minhas. E estão danados. Protestam com o serviço de informática. Riem-se dos anúncios ao viagra. Sinto-me traída. Já não se pode confiar na bondade alheia. Estes são os tempos.

Labels:

3 Comments:

Blogger )0( said...

:) Permite-me aparecer por aqui de vez em quando.
Adorei ler-te.

10:18 AM  
Blogger SMS said...

Muito bom!!! Ahahah

12:43 PM  
Blogger Filipa said...

Conheço quem resolve esse problema com um software novo, 100% português....
E, sim, também gostei muito de vir aqui parar...e tb sinto que sou uma melhor pessoa desde que sou mãe!

1:59 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home