Sunday, October 23, 2011

Uma mãe não chora

Uma mãe não chora. Uma mãe pode ficar um bocadinho em pânico quando vê a ferida, achar até que vai desmaiar por dois ou três segundos, mas depois recompõe-se e passa logo à parte prática, de ver o que é preciso, antecipar os próximos passos, tratar de tudo e ficar calma e serena, como devem ser as mães. Agarra a mão de criança e promete-lhe que vai ficar tudo bem. Uma mãe não chora. Mesmo que tenha que ir na ambulância a fazer conversas parvas para distrair o miúdo. Mesmo que olhe para ele e o veja assustado, sério, pálido, sem sorrir, sem falar, sabe-se lá o que lhe passa pela cabeça, sabe-se lá o esforço que ele não estará a fazer para não chorar. Por isso uma mãe não chora. Dá-lhe beijinhos, faz-lhes festinhas, oferece o braço para que ele aperte com força quando o picam, diz-lhe que vai passar tudo depressa, que os médicos estão ali para o tratar (e estão a conseguir?, pergunta ele, no meio da confusão). Uma mãe não chora mesmo quando (e sobretudo se) vê o filho aflito. Se lhe nota a tristeza de quem não vai poder correr e jogar à bola nos próximos tempos. Mesmo que esteja a morrer de preocupação, uma mãe repete mil vezes que ele vai ficar bom. Não te preocupes, diz. Carrega-o ao colo, e que grande que ele está!, dá-lhe a sopa à boca, deixa-o jogar playstation até ele se fartar e dizer que não quer mais. Uma mãe levanta-se a meio da noite para o ir tapar, para lhe dar remédio, para lhe levantar a perna, para ver se ele está com dores e, naquele vai e vem na escuridão, talvez deixe cair uma lágrima. Uma só. Que uma mãe também não é de ferro. Só está a fazer de conta.

Labels: ,

13 Comments:

Blogger Teclas said...

E por isso é que isso de ser mãe deve ser tão difícil e tão proporcionalmente bonito=)

11:55 PM  
Blogger @na said...

as melhoras :(

1:03 AM  
Blogger Isabel said...

Oh vai ficar tudo bem! Às vezes temos mesmo de chorar um bocadinho para seguirmos em frente de alma lavada!!!
As melhoras!

9:45 AM  
Blogger Carla Isabel said...

pois é...choramos de mansinho...sozinhas e depois foi sempre qualquer coisa que entrou no olho....;)as melhoras!

9:58 AM  
Blogger RAINHA MÃE said...

pois é... sei o que é isso. Mas a certa altura, normalmente quando o pior já passou, ficamos sem forças e aí chroramos, gritamos e voltamos a ser fortes! As melhoras.

12:05 PM  
Anonymous Mariana said...

Uma boa mãe...

10:20 PM  
Blogger Cookie said...

Que texto tão bonito... Parabéns mãe, e as melhoras para ele...

1:45 PM  
Blogger CF said...

:):)

8:25 PM  
Blogger inesn said...

beijinho! as melhoras..

9:17 PM  
Anonymous Anonymous said...

Que bonito e tão verdade

4:27 PM  
Anonymous Anonymous said...

Gostei tanto que até me caiu uma lágrima.
Gostei tanto que tive de partilhar no FB (com a devida referência)

1:45 PM  
Blogger Mara said...

Gostei tanto, mas tanto... só a parte de deixar cair uma lágrima é que não concordei, porque quando tudo está escuro abre-se uma comporta nos meus olhos e sou capaz de jurar que há uma pequena inundação lá em casa.

Beijos, forças e as melhoras

Mara

5:01 PM  
Blogger Abraçar said...

Lindo texto. As melhoras.

6:12 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home