Monday, December 14, 2009

Eu nao vou a Miranda

Não nos dizem isto. Falam-nos das cólicas e das noites sem dormir, das fraldas e das birras, mas não nos dizem que um dia nos vamos encontrar doentes, doentes, com dores em todo o corpo e uma tosse insuportável, e ainda assim nos vamos sentar no sofá e passar horas, muitas horas, a tentar fabricar uma roupa de pauliteiro de miranda para o nosso filho. Podia ser um fato de alentejano (bastava ligar para a mãe, por favor, arranja lá), podia ser um campino (até já estou a ver o gorro do pai natal a transformar-se em adereço ribatejano), podia ser um pastor serrano (com capote e tal), mas não, calhou-nos logo um pauliteiro de miranda que usa uma coisita banal, uma camisa branca com folhos (encontra-se na secção de menina, portanto, e mesmo no continente custa 12 euros), uma saia branca com três folhos e bordados (lá se foi um lençol), um colete castanho (obrigado, mãe do miguel), um lenço florido nas costas, um chapéu com fita vermelha e flores e uns paus na mão. What? Não, não nos avisam disto. Que vamos picar os dedos, voltar trinta vezes à retrosaria, fazer perguntas parvas, aplicar bordados, comprar um dedal, que nos vamos deitar às duas da manhã e, apesar da febre, da tosse, das dores, apesar de nos querermos embrulhar numa manta e que ninguém nos chateie, vamos coser com estas mãos toscas uma linda saia rodada com três (vejam só, três) folhos. Isto para ele dançar, felicíssimo, na festa da escola durante uns cinco minutos.
Ah, e para completar o ramalhete, acho que nem vou ver. Depois de uma gripe que se transformou em faringite, eis que estou com uma rica pneumonia e ordens para ficar em casa durante uma semana. Preciso de pedir ao meu homem para ir ao blockbuster urgentemente.

Labels: , ,

8 Comments:

Blogger MaLLu said...

:)
Tradição familiar lá em casa.
Eu, o meu pai e o meu irmão partilhámos o mesmo fato de pauliteiros de Miranda (no Carnaval).
E depois, claro, tinhamos lá em casa uma daquelas molduras com 3 fotos. Todos na mesma posição (de costas e com os paus no ar...).
Só lamento que, num ataque de limpezas, alguém se tenha visto livre dessa e de outras relíquias do género.

Boas costuras e as melhoras.
Bjs

4:07 PM  
Blogger MaLLu said...

:)
Tradição familiar lá em casa.
Eu, o meu pai e o meu irmão partilhámos o mesmo fato de pauliteiros de Miranda (no Carnaval).
E depois, claro, tinhamos lá em casa uma daquelas molduras com 3 fotos. Todos na mesma posição (de costas e com os paus no ar...).
Só lamento que, num ataque de limpezas, alguém se tenha visto livre dessa e de outras relíquias do género.

Boas costuras e as melhoras.
Bjs

4:07 PM  
Blogger Dorushka said...

Eu ainda não passei por isso, felizmente, mas não entendo agora esta mania que as escolas e os infantários têm de "exigir" aos pais que gastem dinheiro ou façam sacrifícios, como você, para arranjar vestimentas que depois não devem servir para mais nada.
No meu tempo também fazíamos peças na escola, e até desfiles de carnaval, mas as roupas eram confeccionadas lá, nas aulas de trabalhos manuais, com materiais da escola ou que tínhamos em casa ou que eram baratíssimos.
Hoje em dia pensam que os pais são ricos!
Juro que quando chegar a minha vez me vou insurgir contra isso.

4:21 PM  
Blogger Carla Isabel said...

Bom...grande mãe...grande coragem, grandes mãos...agora eu não dou uma p a caixa em costura se me saisse uma dessas não sei como faria!!!!
Agora, realmente as escolas inventam um bocadinho...podiam simplificar...enfim!

Bjs e as melhoras e descansa mesmo!

4:25 PM  
Blogger Mãe da Rita said...

Pauliteiro de Miranda???? Pode ser bonito mas acho que exageram um pouco no folclore... Pauliteiro? Roupa aos folhos???? Agora acho o fato caro de princesa da minha um simplespormenor. As melhoras, espero que alguém te grave o espectáculo, ao menos vê a tua obra de arte a dançar com as tuas artes manuais vestidas... Bjs, MJ

6:54 PM  
Blogger df said...

Boa! Grande MÃE! As melhoras

8:28 PM  
Blogger Isabel said...

As melhoras, cuida-te!!!!
Fazemos tudo pelos nossos filhos, tudo!!!
:)

9:40 AM  
Blogger Márcia Carvalho said...

Só falta perceber o que é que um pauliteiro de Miranda tem a ver com o Natal?! Boa sorte...

11:49 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home