Thursday, July 10, 2008

A escatologia do amor

O bebé suga-me a mama ao mesmo tempo que se contorce com dores de barriga e quanto maior a quantidade de cocó barulhento maior o afinco (diria antes o desespero) com que engole o leite. Olho o meu filho fedorento e penso como, acho que era a Mafaldinha que o dizia, por vezes a natureza humana tem muito mais de natureza e muito pouco de humano. E dou-lhe um beijo na testa. Meu rico filho.

Labels:

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home